pulsando

Seguidores

domingo, 31 de julho de 2011

A GOIABEIRA DO AMOR



Creio que se possa entender, que os
sentimentos de criança, permanecem
nas lembranças, sem tempo para
esquecer.
Da cidade em que morava, de tudo
o que mais gostava, era o seu pé de
goiabeira.
Com ele conversava e brincava, nos
seus galhos se embalava, e com os
frutos se alimentava.
Sentava-se a sua sombra, contava e
ouvia histórias.
Porém, um dia foi embora para a cidade
grande, e do seu amigo só restou a
doce lembrança.
Passaram-se muitos anos, a saudade
o levou de volta aquele lugar. pois jamais
deixou da goiabeira amar.
Pediu licença ao morador, para a sua vida
de infância retornar.
Paralizado ficou, quando com surpresa
constatou, seu pé de goiaba, lindo e mais
robusto, no mesmo lugar.
Abraçou-se àquela árvore, chorando e
prometendo, dela nunca mais se afastar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Querido leitor...seu comentário é muito importante para mim. Obrigado.