pulsando

Seguidores

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Conto poético: BILHETES ANÔNIMOS


 
Trabalhava comigo, uma brilhante advogada.
Além de ótima profissional, uma bela e encantadora
mulher !
Os homens a olhavam com profunda admiração ...
Não sei se posso considerar um fato normal,  mas me
confidenciava que, há algum tempo, vinham aparecendo,
em sua mesa de trabalho, bilhetes com mensagens
apaixonadas, acompanhadas de uma linda rosa vermelha.
Imaginei, claro, um tímido colega de serviço, sem
coragem para declarar a sua paixão.
Nos bilhetes, perfumados, frases belíssimas !
Ela se mostrava encantada, e curiosa.
Quem poderia ser ? 
Um doce mistério, pois  todos os homens  eram suspeitos.
Era um ambiente com muito trânsito de pessoas, da
Casa, e do público artístico, em geral.
As mensagens eram muito bem escritas, em  grafia
impressa, o que dificultava a sua identificação.
A frequência, quase que semanal.
O misterioso missivista, comentava sobre as roupas
que ela vestiu durante a semana, maquiagem,  sapatos,
joias, penteados, e externava  ciúmes, em relação às  
pessoas  com  quem conversou.
Inacreditável.
Até certo ponto, amedrontava, tamanho o mistério.
Pressenti, nela, uma ponta de  medo.
Exonerada, por interesses particulares,  deixou de
fazer parte daquela equipe.
Foi trabalhar em uma grande  capital, onde casou.
Tempos depois, generosamente, me visitou.
É evidente, aquele episódio veio à tona.
Disse-me:
"Meu amigo, preciso desabafar aquela louca aventura.
Lembra-te daquele estagiário, lotado em meu Setor ? 
Pois eu me apaixonei por ele.
Eu era a pessoa tímida, e encontrei nos bilhetes
anônimos, uma forma de chamar  a sua atenção,
descrevendo os meus dotes pessoais.
E comentava com ele os detalhes que o "anônimo"
abordava em seus escritos.
Não deu certo, pois a sua preferência era "outra".
E eu, ainda não consegui fechar a minha boca.
 
.
 
 
 
 
 
 

36 comentários:

  1. É tão mais simples ser direta e objetiva kkkkkkkkkk
    Gostei do conto amigo,
    beijos
    Joelma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida amiga, Joelma,
      "Ateliê Tribo de Judá "!
      Também, entendo assim. Mas até onde pode
      chegar uma timidez...
      Muito agradecido pela pronta atenção, e uma
      feliz semana, com o meu fraterno abraço.
      Sinval.

      Excluir
  2. Bem, admito que ela teve estratégia; mas não adianta, quando não é para ser, não é... bom dia, e uma linda terça pra você.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida amiga, Ana Bailune !
      Disto, também, não tenho dúvida. Foi brilhante,
      mas sem resultado, embora tenha servido para
      revelar a "verdade". A felicidade, que tanto
      procurava, estava distante daquele lugar.
      Muito agradecido, e uma feliz semana, com o
      meu fraterno abraço.
      Sinval.

      Excluir
  3. Moin Sinval,
    das ist eine spannende Geschichte.
    Ich wünsche einen wunderschönen Tag.
    Liebe Grüße Heidi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Heldi Papierbastller !
      Uma bela experiência de paixão, sem
      resultado. Muito agradecido, amiga
      querida, pela atenção.
      Um fraterno abraço, aqui do Brasil !
      Sinval

      Excluir
  4. Sinval, meu amigo poeta, estava com saudade de te ler e venho aqui agradecer o seu carinho lá no meu recanto, sempre fico feliz com sua amável visita!
    Seu poema é criativo, nos mostra que muitas vezes é preciso vencer a timidez.
    Estratégias às vezes dão certo, mas somente se tiver de ser.
    Ah, paixão, a própria palavra diz, é dor, não tem jeito!
    Abraços meu amigo sempre querido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ivone, amiga querida !
      Certamente, é tudo o que escreveste sobre
      este conto, que é 100% verídico.
      Fico muito feliz, com a tua pronta atenção.
      Um carinhoso abraço, e uma ótima semana.
      Sinval.

      Excluir
  5. Oi, Sinval!

    Obrigada por sua visita e palavras gentis.

    Não estou comentando blogues amigos, por questões profissionais, mas um "oi" não custa nada, né?

    Um abraço da Luz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga LUZ !
      Fico muito contente com o teu " oi ",
      querida. Muito agradecido por tua
      atenção. Uma ótima semana.
      Aguardo-te.
      Sinval.

      Excluir
  6. Hola Siva, gracias por tu visita. Es una entrada muy creativa.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, "Universo "!
      Fico honrado com tua presença, vinda
      de tão longe. Muito agradecido, querida.
      Um fraterno abraço, aqui do Brasil, e uma
      feliz semana !
      Sinval.

      Excluir
  7. Estratégia interessante.
    Adorei o seu blogue. Vou seguir.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maria do Sol !
      Realmente foi uma estratégia muito
      criativa. Concordo.
      Muito agradecido por tua amável
      atenção. Uma feliz semana, e um
      carinhoso abraço, aqui do Brasil.
      Sinval.

      Excluir
  8. Olá Sinval,

    Uma mulher apaixonada é capaz de tudo...

    Obrigada pela visita

    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga, "Escritora de Artes " !
      Não tenho a menor dúvida.
      Muitas loucuras.... certamente.
      Fico muito agradecido por tua atenção.
      Uma boa noite, e um fraterno abraço.
      Sinval.

      Excluir
  9. Gostei muito, pois acontecem ao longo da vida coisas muito parecidas, então o que aqui é narrado como conto poético pode muito bem ser real.
    Tenha um lindo dia e uma noite encantada, beijinhos de luz e muita paz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina Filipe !
      Muito agradecido por teres vindo, de tão longe,
      prestigiar este modesto blog. É incrível, mas
      o conto é 100% real.
      Um fraterno abraço, aqui do Brasil, e uma boa
      noite.
      Sinval.

      Excluir
  10. Que história!...:-)
    Não haja dúvidas de que por vezes a vida real ultrapassa a própria ficção! Uma timidez muito imaginativa; costuma dizer-se que quem não tem cão caça com gato, neste caso não deu certo porque não tinha que dar, mas tentou-se...
    Muito obrigada pela sua visita e comentário no meu blog. Visitá-lo-ei mais vezes porque gostei da sua forma de escrever.
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Laura Santos !
      Fiquei muito feliz em te ver por aqui,
      vinda de tão longe, e de uma
      Terra tão bela ! Muito agradecido,
      querida. Um carinhoso abraço de
      boa noite, aqui do Brasil.
      Sinval

      Excluir
  11. Boa tarde amigo Sinval :)
    Ri muito com esse conto!
    Pelo menos ela tentou chamar a atenção do estagiário né?!
    Mesmo se ela tivesse sido direta,de nada adiantaria,
    afinal a preferência dele era 'outra'...!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida amiga Clau !
      Perfeitamente entendido por ti... a
      preferência dele era "outra".
      Muito agradecido pelo comentário.
      Um carinhoso abraço de boa noite.
      Sinval.

      Excluir
  12. OI SINVAL!
    COISAS DE MULHER...
    MAS A MOÇA FICOU FRUSTRADA, POIS NÃO DEU CERTO NÉ?
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida amiga, Zilani Célia !
      É, não deu certo. Deve ter sido horrível.
      Tão linda ...
      Muito agradecido por tua atenção, e
      um carinhoso abraço.
      Sinval

      Excluir
  13. Bah então nem vou tentar, eu ia comprar flores pra mim mesma pois meu marido raramente me presenteia, com essa vi que não vai funcionar. hahaha As mulheres estão sempre na ânsia de que os homem descubram seus desejos, mas se falar parece que vai ser uma cobrança. É uma situação terrível. Espero que sua amiga tenha encontrado a felicidade.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida amiga, " Minha vida de campo "!
      Faça de tudo para te sentir feliz. Até fazer de
      conta que recebeste flores. Minha amiga, hoje,
      está muito feliz...
      Muito agradecido pela atenção, e uma boa
      noite, com o meu carinhoso abraço.
      Sinval.

      Excluir
  14. Olá boa tarde,lindo o que escreveu,adorei conhecer seu blog,já vou segui-lo beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nelma Ladeira !
      Minha nova amiga, seja muito bem vinda !
      Adorei a tua presença. Muito agradecido.
      Um fraterno abraço de boa noite.
      Sinval.

      Excluir
  15. ¡Hola, Sinval!!!

    Nos dejas un curioso relato y también interesante: que puede pasar por real, a veces suceden cosas así tal cual.
    Gracias por compartirlo con todos nosotros.

    Un beso y se muy nfeliz.

    ResponderExcluir
  16. Oi, minha querida amiga, da Espanha,
    Marina Filgueira !
    Que honra receber tua visita, e o teu comentário.
    Muito agradecido. O conto é real...
    Um carinhoso abraço, aqui do Brasil, e um ótimo
    final de semana.
    Sinval.

    ResponderExcluir
  17. Bom dia
    Bom final de semana!!
    E que pena que esse plano não deu certo
    coisas da vida

    O saber a gente aprende com os mestres e os livros.
    A sabedoria, se aprende é com a vida e com os humildes.

    _______Cora Coralina


    . (.") .
    . /█\..└──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida amiga, Rita !
      Sábias colocações. Perfeitas.
      Muito grato pela atenção, e pelo
      carinho. Tenha, também, uma
      feliz semana. Um fraterno abraço.
      Sinval.

      Excluir
  18. Maravilhoso...divino...inefável...como TU!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dileto amigo, Luís Augusto Silva !
      Inefável é o grande prazer em receber tão
      distinta visita, vinda de Portugal.
      Fico muito honrado com tua presença,
      e feliz com o comentário.
      Um fraterno abraço, aqui do Brasil.
      Sinval.

      Excluir
  19. Sinval,um conto bem interessante e o final foi imprevisivel,gostei! bjs e boa semana,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga Anne Lieri !
      Veja só, é 100% real.
      Fico muito feliz com o teu carinhoso
      comentário, querida. Uma feliz semana,
      e muito agradecido pela atenção.
      Um fraterno abraço.
      Sinval.

      Excluir

Querido leitor...seu comentário é muito importante para mim. Obrigado.