pulsando

Seguidores

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Conto poético: A MARCA DO BEM




Há certos dias  em que caminho, sem destino, e
sem  origem...
Absorto nas minhas reflexões, fico pensando no ser
humano... surpresas agradáveis e decepções.
Estranho o lugar aonde meus passos me levam.
Um belo jardim,  com muitas flores e frutas.
O perfume é convidativo a um breve  descanso.
O vento assobiante, me encanta.
Muito próximo as minhas costas, também sentado, 
percebo a presença de um homem, idoso.
Muito idoso.
Fico assustado, com razão, pois balbucia as palavras
que a minha mente está pensando.
Imagino estar sonhando.
Sobre as coisas que, para mim, são nebulosas e
confusas,  aconselha-me  a tratar as pessoas com
tolerância, compreendendo as suas fragilidades.
Que devo  levantar templos e monumentos  à virtude,
enaltecendo a dignidade e a valorização do ser humano.
Como poderia aquele homem estar interpretando, em
voz alta, o que eu estava meditando ?
Só poderia ser um sábio, mágico ou ...
Nem quero adivinhar.
Tomei coragem, e dirigi-me a ele.
Qual não foi a minha surpresa, ao verificar que nem banco
havia as minhas costas e,  muito menos, alguém  lá sentado.
Concluí haver sido uma projeção dos meus desejos, de
transformar  este mundo, somente com amor.
Mas havia, por coincidência, ou não, um coração desenhado
no chão, aonde vi aquele homem sentado...

4 comentários:

  1. Sinval,
    quando estamos inspirados, viajamos,
    vemos e ouvimos o que ninguém vê !
    És um ótimo poeta.
    iara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Iara !
      É verdade, amiga.
      Nossos sentimentos parecem formar
      outra pessoa...
      Muito agradecido pela amável visita.
      Um carinhoso e fraternal abraço.
      Sinval.

      Excluir
  2. Parabéns pelo blog! Vai me inspirar ainda mais no trabalho com jovens e adultos aqui em BH. FAÇA UMA VISITA NO MEU BLOG E DEIXE SUA OPINIÃO:http://serejaseculoxxi.blogspot.com.br
    UM ABRAÇO.
    ANA-BH/MG

    ResponderExcluir
  3. Oi, ANA !
    Fico muito honrado e feliz com a tua visita,
    e declarações.
    Visitei o teu blog. Cultural, instrutivo... que
    belíssimo trabalho. Apaixonante, humano ...
    Pareceu-me contar com um grupo de entusiastas.
    Só pode dar certo !
    Parabéns e muito obrigado.
    Sinval.

    ResponderExcluir