pulsando

Seguidores

sábado, 12 de maio de 2012

Conto poético: TEU OLHAR É MINHA VIDA





Estendi flores cheirosas aos teus pés.
Do céu, trouxe a bruma fresca, para o teu corpo
confortar.
Pedi aos pássaros que gorjeassem com ternura,
nas tuas horas de amargura...
Dominei as forças da natureza, falei com os anjos,
pedi a Deus a Sua interferência.
Não podia viver sem a tua presença.
Submisso, implorei por teu amor, rogando por
clemência.
Não consegui piedade, perdi a dignidade, nada
 mais me restou.
Transformado num zumbi, sem origem e  sem
destino, vago por este mundo, ainda procurando
por ti...
Ao meu lado, ou na bagagem, a minha fiel
companheira, uma tal de esperança, que jamais
me abandonou, ilumina  os meus caminhos, com
os seus lindos olhos  cor  de mel.
Agora, chego ao meu destino,  mesmo  andando
sobre  espinhos.
Volto  os  olhos  para o céu,  não vejo a minha
estrela guia, e sinto no peito a agonia, de pensar
que te perdi.
Surpreso, percebo  estar no mesmo lugar,
abraçado à  suprema esperança de merecer,
pelo menos, o teu olhar...

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. OI,GRACITA AMIGA!!
    QUE BOM RCEBER A TUA CARINHOSA MENSAGEM,
    NESTA DATA DOMINICAL TÃO IMPORTANTE.
    MÃE É ETERNA. ESTEJA AQUI OU EM QUALQUER
    LUGAR DO MUNDO.
    A MINHA ESTÁ NO MEU CORAÇÃO.
    UM BEIJO NESSA ALMA MARAVILHOSA.
    SINVAL

    ResponderExcluir
  3. Le felicito por su blog, a mi personalmente me transmite
    mucha paz su contenido.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Manuel:
    Muito agradecido pela honra da
    tua presença, e pelas declarações
    tão carinhosas.
    Um fraternal abraço, e volte sempre.
    Sinval.

    ResponderExcluir

Querido leitor...seu comentário é muito importante para mim. Obrigado.