pulsando

Seguidores

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Conto poético: TEMPO AO TEMPO


 Esta manhã, ainda no meu leito, sonolento, mas
consciente, fui conduzido aos meus sonhos de
criança.
O céu na terra, me deu a oportunidade de brincar
com os anjos, conversar com os santos, e  admirar o
o meu  Deus.
Conheci uma humanidade sem maldade, uma inocência
sem precedência, e a plenitude da felicidade.
O futuro,  era  um planeta  distante,  somente  visitado
pela imaginação.
Mas, o tempo não parou.
Muitos anjos ficaram pelo caminho, e em demônios se
transformaram.
Talvez eu tenha sido, ou ainda  seja,  um deles.
Alguns  santos,  sequer,  existiram, ou nunca me viram.
Não mereceram as minhas orações.
Meu Deus, este sim, sempre esteve comigo !
Hoje, olhando as estrelas, identifico, em cada uma,
as histórias  colhidas  por aqui.
São reais, eu sei.
Os amores, também.
Certamente, me deram mais do que eu merecia.
Sinto  que fui muito protegido pelo Universo.
Nem consigo avaliar.
Alguns,  denominam  de "sorte".
Prefiro classificar como "compensação", pois grande,
pelo ser humano, tem sido a minha paixão.
Hoje, da terra, vejo distante o céu.
Nem mesmo  reconheço  toda aquela inocência, da
qual fiz parte.
Alguns amores, em rancores se transformaram, ainda
que tratados com o aroma das flores, e o toque suave
das  plumas, soltas ao vento.
Novamente, darei  tempo ao tempo...

28 comentários:

  1. Que a sua boa estrela o proteja sempre e lhe traga muita felicidade!
    Muito obrigada pela visita e lindo rastro de ela!

    ***
    Um abraço desde a França****

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, "Mildred"!
      É, para mim, uma grande honra receber,
      de tão longe, uma manifestação tão gentil.
      Muito agradecido pela atenção. Fico feliz.
      Um fraternal abraço, aqui do Brasil.
      Sinval.

      Excluir
  2. Bello poema, gracias por quedarte por mi blog, saludos
    Sofía
    milideasmilproyectos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, sofiaaurora !
      Muito agradecido pela amável
      presença,e generoso comentário.
      Envio, aqui do Brasil, um carinhoso
      abraço. Bom dia.
      Sinval.

      Excluir
  3. encontrei aqui uma maneira simples e direta de dizer o que sentes..

    bjs.Sol

    obrigada pela sua visita em meu parole =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida Solange!
      Muito obrigado pelo amável,
      e generoso comentário.
      Fico muito feliz!.
      Um bom dia.
      Sinval.

      Excluir
  4. Respostas

    1. Oi, querida amiga,
      "Diário de uma mãe solteira"!
      Fico muito feliz que tenhas
      apreciado este esboço literário.
      Obrigado pela amável presença.
      Bom dia.
      Sinval.

      Excluir
  5. Nossa busca pelo lar divino é constante amigo, entre sorrisos e lágrimas vamos subindo os degraus da consciência que cresce para a verdadeira realidade do que somos. Sonhos são telégrafos do tempo de nossa existência e do que podemos compreender. Agradecemos sua visita ao nosso blog e lhe parabenizamos pelo belo texto, precisamos falar dos bons sentimentos, assim estaremos plantando uma semente no jardim da paz para o nosso mundo.

    Ghost e Bindi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ghost e Bindi !
      Fico muito grato por tuas lições,
      e reflexões. São verdadeiras, e
      com elas concordo, plenamente.
      Fico feliz, também, pela atenção.
      Um fraternal abraço.
      Sinval.

      Excluir
  6. Anjos se transformarem em demônios e amores em rancores, faz um grande sentido. Sentido triste, porem, necessario na maioria das vezes!

    Linda reflexão!

    bjsMeus
    Catita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida Catia Bosso !
      Muito agradecido pelo amável
      comentário, e pela presença,
      que muito me honra.
      Um fraternal carinho.
      Sinval

      Excluir
  7. Bela reflexão...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo Fernando Santos (Chana)!
      Fico muito agradecido por tua honrosa
      presença, e pelo amável comentário.
      Um fraternal abraço.
      Sinval.

      Excluir
  8. Olá, Sinval!

    Bonita descrição dum percurso de vida:Olhar poético pelo passado, em género de balanço entre o Deve e o Haver - com resultado positivo.
    Gostei de ler.

    Abraço; bom resto de semana; e obrigado pela visita.

    Vitor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vitor Chuva !
      É uma honra a tua visita. Muito
      agradecido pela atenção, e
      generoso comentário.
      Um fraternal abraço.
      Sinval.

      Excluir
  9. Como sempre maravilhoso pena mento perfeita conclusão ...lindo escrito amigo Sinval ...um grande abraço Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo Pedro Pugliese !
      Fico plenamente feliz em te reeber
      aqui. Muito agradecido por toda esta
      atenção.
      Um fraternal abraço.
      Sinval.

      Excluir
  10. OI SINVAL!
    E NESTE DAR TEMPO AO TEMPO, VAMOS AMADURECENDO, OS AMORES PASSAM A SER MAIS VERDADEIROS, A VIDA MAIS PRAZEROSA E A
    SAUDADE MENOS DOÍDA...
    LINDO TEU TEXTO.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida Zilani Célia !
      Certíssima tua interpretação.
      Agradeço muito a tua pronta
      atenção. Obrigado pelo amável
      comentário.
      Fraternal abraço.
      Sinval.

      Excluir
  11. Hola Sinval Santos, buenos días, bello poema, un recorrido esplendido. Felicidades amigo.
    Yo cogere un descanso en mi blog pero antes quería pasar por aquí a dejarte un saludo. Un abrazo. Que pases un lindo día.

    Lola Barea.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lola Barea !
      Muito prazer em te receber por aqui.
      É, para mim, uma grande honra.
      Obrigado pelo amável comentário, que
      me deixou muito feliz.
      Um fraterno e carinhoso abraço.
      Sinval.

      Excluir
  12. Um texto lindo, carregado de mensagens positivas e de equilíbrio.Adoro estar presente em seu blog.Abraço terno do seguidor.:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, amigo "Enigmático Byjotan"!
      Muito obrigado por tua gentil visita,
      e generoso comentário.
      Um feliz domingo, com um fraternal
      abraço.
      Sinval.

      Excluir
  13. Caro amigo Sinval !

    Perdoa-me a invasão do seu espaço, mas temos muitos amigos comuns. Adorei seu Blog. os textos são belíssimos e interessantíssimos. Está de parabéns. Já sou seu seguidor.
    Beijos de luz !!!

    POETA CIGANO - 19/11/2012

    httpp://carlosrimolo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Olá, Carlos Rímolo ( Poeta Cigano)!
      Que honra receber-te por aqui.
      Seja muito bem vindo, e obrigado
      pela generosidade do comentário.
      Um fraternal abraço.
      Sinval.

      Excluir
  14. Hola: Me encanta este cuento poético y además hermoso,
    una bonita forma de expresar los sentimientos y los pensamientos.
    Esos amores tratados con el aroma de las flores... Si que son como plumas sueltas en el viento, recogiéndolas un dulce corazón al vuelo.

    Pero me gusta la palabra esa de darle tiempo al tiempo.
    Mi enhorabuena por tu buen hacer.

    Te dejo un beso y mi estima. Se muy feliz.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida amiga, Marina Fligueira !
      Fico feliz em saber que gostaste deste
      conto.
      Muito me honra a generosidade do teu
      comentário.
      Fico grato, e te envio um fraternal
      carinho.
      Sinval.

      Excluir

Querido leitor...seu comentário é muito importante para mim. Obrigado.